Ninguém vai ler

domingo, julho 16, 2017


Naquela depressão suave de acordar às 6 horas da manhã, o modo aleatório escolhe pumped up kicks
hesito em pular,
"próxima por favor"
porque Afinal, música felizes são para momentos felizes. dias felizes -e nublados, claro- e não esse sol que já mata muitos
Num súbito, fecho os olhos e me imagino já formada e fazendo algo, além do segundo curso que já faço, sei lá doutorado - pós graduação, algo assim
me imagino feliz e parece que já realizei todas as metas (bobas) e parei de cobrar muito de mim
sem ser a pessoa mais ansiosa que conheço
já -é tão mal usada que dá nervoso só de pensar
aquela paz de espírito que habita na pele que
aquela pessoa que serve de musa inspiradora
you'd better run, better run
para o futuro (?) creio eu
aquela necessidade de inventar conexão para tudo
análise literária sem cabeça nem pé


acaba a música e troca para sway

confortavelmente volto para o modo deprê
desço do pedestal e lembro que tenho 731 trabalhos para postar nos avas da vida, o tcc que não faço ideia do caminho que estou seguindo, e além de ter certeza que não existe algo que consiga me sustentar e que goste de fazer, além de escrever mas pera
Além de não saber que doutorado fazer, pós-graduação, enfim. não saber nada é muito ruim


2017/1







You Might Also Like

1 comentários

  1. É só ler um título "ninguém vai ler" que já dá vontade de ler. Hahahahaha
    As vezes eu sinto exatamente dessa maneira. Paro e fico imaginando como seria se já tivesse concluído o tcc (que ainda nem comecei), formada e trabalhando com o que eu gosto.
    Aí, volto para a realidade de incertezas!

    ResponderExcluir